Por que é quase impossível criar um bom substituto para carne

Cientistas ao redor do mundo vêm trabalhando há anos para criar um substituto convincente para a carne. Ou feito com soja, ou sintetizado a partir de células-tronco – se ele tiver o gosto da carne real, ele pode mudar o mundo. Mas nem mesmo um prêmio de US$1 milhão foi o bastante para torná-lo realidade: nesta quarta-feira, faltando menos de uma semana, o prazo de um concurso patrocinado pela PETA a fim de criar carne in vitro foi estendido até 2013. Qual é o problema?

Quem deixa de comer carne tem vários motivos para isso: fazendas industriais e matadouros tratam animais de forma cruel, sem abatê-los de forma indolor; uma dieta vegetariana reduz o risco de várias doenças e até câncer; e produzir carne exige muito mais recursos que a agricultura, e prejudica mais o meio ambiente.

A jornada para encontrar um substituto satisfatório para a carne se tornou uma obsessão entre pessoas como eu – sou vegetariano, mas adoro o gosto da carne, e nos oito anos desde que parei de comê-la, eu venho procurando todo tipo de reprodução de carne vermelha, aves ou peixes que pudesse encontrar. Eu experimentei tofurky assado (peru de tofu e glúten), burritos de soy-rizo (chouriço de soja), churrasco grego de seitan (carne de glúten), e “pato falso” (também de glúten) em inúmeros restaurantes tailandeses. Eu já sujei o rosto e as mãos com molho de carne moída vegana. Até o momento, a diferença entre carne vegetal e real tem sido óbvia. Mas há diversos motivos para crer que isto pode mudar em breve.

Sim, já existem muitas formas profundamente não-apetitosas de se criar um substituto de carne. Primeiro, a carne clonada; depois, o cientista japonês Mitsuyuki Ikeda. Ele criou uma forma de transformar excremento humano em carne artificial. Boa sorte tentando convencer alguém a comer hambúrguer de merda.

Carne

O melhor substituto de carne

Quando a esperança parecia ter acabado para entusiastas de carne vegetal, Fu-Hung Hsieh, professor de bioengenharia na Universidade de Missouri, revelou seu grande avanço. Depois de uma década de pesquisas, em 2010, Hsieh e sua equipe criaram o que agora é considerado como o melhor substituto de carne – e não é pelo gosto. O desafio é criar a sensação na boca: carne moída de soja, por exemplo, não se desmancha numa panela quente como a carne real. Carne sintética de ave não se desfaz em fios como a carne de verdade. Pelo menos, não até Hsieh dar uma solução.

A receita de Hsieh, que inclui ingredientes como proteína de soja, proteína de ervilha e fibra de cenouras, foi comprada ano passado por uma startup em Maryland chamada Beyond Meat. Quem está bastante envolvido no mundo da tecnologia já deve conhecê-la por cima, porque a Beyond Meat é a primeira empresa alimentícia a atrair investimento de Evan Williams e Biz Stone, os co-fundadores do Twitter. Uma porta-voz da empresa disse que tem planos de levar completamente sua carne vegetal de frango ao mercado em 2013 – mas já é possível comprá-la em algumas lojas da Whole Foods na Califórnia.

E qual é o gosto? Mark Bittman, do New York Times, experimentou e parece ter gostado, dizendo: “Quando você pega o produto [da Beyond Meat], corta e combina com, por exemplo, tomate picado, alface e maionese com um pouco de tempero, e embrulha num burrito, você não vai ver a diferença entre ele e frango. Eu, pelo menos, não senti, e este é o tipo de coisa que eu faço todo dia.”

Enquanto isso, na Europa, cientistas e empresas alimentícias da Espanha à Holanda estão trabalhando em um projeto chamado LikeMeat, uma tentativa de produzir um substituto de carne mais gostoso e com melhor textura para consumidores. E na Universidade de Stanford, nos EUA, o professor de bioquímica vegana Patrick Brown também acredita que ele conseguiu algo grande em “carne” baseada em vegetais, dizendo em uma conferência à imprensa em Vancouver, Canadá, que ele está próximo de criar “um produto que pode competir de frente com produtos de carne e leite, baseado em sabor e valor para o consumidor médio”.

Anúncios

~ por renatomey em 01/07/2012.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: