Por que Mano Menezes pode cair antes da Copa de 2014

Mano Menezes está perto de completar um ano como técnico da seleção brasileira. Mesmo antes de chegar ao primeiro aniversário no cargo, ele já enfrenta o peso das cobranças de comandar a equipe cinco vezes campeã do mundo. Primeiro vieram as derrotas nos jogos contra as seleções mais tradicionais, como França e Argentina; depois, a queda na Copa América, diante do Paraguai, numa ridícula disputa de pênaltis em que nenhum jogador da seleção nem sequer acertou o gol, a seguir, seis motivos :

1. Os dois jogadores apontados para resgatar o DNA ofensivo do futebol brasileiro com passes geniais e gols pirotécnicos têm apenas 19 e 21 anos e ainda jogam no Santos. Neymar, o mais novo, capricha demais nos penteados e foi eleito para resolver os jogos passando pelos zagueiros com dribles rápidos e chutes certeiros. O outro, camisa 10, Paulo Henrique Ganso, é o responsável por armar as jogadas de meio de campo e colocar o ataque para funcionar rapidamente. Resumo da ópera: as duas maiores esperanças brasileiras ainda são bem inexperientes em jogos internacionais, onde as marcações são bem diferentes das executadas nos campeonatos nacionais e sobram jogadores dedicados a irritar e provocar as estrelas do time.

2. Quando Dunga foi demitido da seleção brasileira, em julho de 2010, o projeto anunciado pela CBF era de renovação. Um ano no comando da seleção e o treinador chegou a ter em campo oito jogadores que estavam na Copa de 2010. A tal renovação de verdade se deu basicamente com três jogadores: Neymar, Paulo Henrique Ganso e Alexandre Pato.

3. Mano Menezes nunca foi unanimidade na seleção. Muricy Ramalho, primeira opção de Ricardo Teixeira, que aceitou convite antes de Mano mas não foi liberado pelo Fluminense na época – time que levou ao título do campeonato nacional em 2010. No Santos, Muricy foi campeão paulista este ano e conquistou a Libertadores da América.

4.Mesmo quando consegue boas vitórias, Mano Menezes não costuma passar confiança nas entrevistas. Está sempre calmo, com a voz baixa, monocórdica, e é comum desviar o olhar ao enfrentar as perguntas dos jornalistas e chega a tartamudear de tanto escolher palavras. Ponto negativo para quem quer treinador de pulso. Scolari, às vezes, passa dos limites com os jornalistas, mas mantém um ar de vencedor, brigador. Sai sempre em defesa do time, projeta bons resultados e cira uma ambiente “família” Scolari. Há até a história de que impõe metas de vitórias a cada rodada. Muricy costuma discutir com quem fala mal de seus jogadores, não expõe os problemas da equipe, e o tom de voz, durante as partidas, é de quase grito. É firme em suas posições, não costuma ser chegado a brincadeiras e gosta muito de treinar e treinar. Mantém sempre posição e vencedor e tem currículo invejável

5. Mano Menezes convidou Ney Franco, ex-treinador do Coritiba, para trabalhar nas categorias de base, e ficaria apenas como supervisor. Com a Olimpíada de Londres, em 2012, chegando, surge uma dúvida: será que Mano conhece bem os jogadores para tentar o título olímpico, que o Brasil nunca conquistou? Ele vai ter menos de um ano para montar a equipe, que até pode fornecer jogadores para Copa de 2014. Mesmo que Ney Franco seja o treinador titular, se ocorrer mais um fracasso seria muito difícil não conceder uma boa dose de culpa a Mano, afinal o treinador-chefe.

6. A seleção faz ainda este ano sete amistosos, todos contra seleções de alto calibre. No primeiro semestre já sofreu ao enfrentar a Holanda, em Goiânia, e conseguiu arrancar um 0 a 0 da equipe que desclassificou o Brasil na Copa da África. Mas o segundo semestre promete ser ainda mais difícil. Mano Menezes enfrenta a Alemanha, em Stuttgart, em agosto. Depois faz dois jogos contra a Argentina, em que só convocará jogadores que atuam no Brasil. Ainda terá pela frente a atual campeã mundial Espanha e no último jogo do ano enfrentará a Itália, que também passa por uma reformulação na equipe. Mano diz que é assim mesmo que quer trabalhar, sendo exigido por equipes fortes. Mas se não conseguiu vencer Venezuela e Paraguai – duas vezes – é bom começar a preparar o discurso para eventuais derrotas…

Anúncios

~ por renatomey em 19/07/2011.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: